domingo, 22 de março de 2020

TEATRO ABERTO


Neste período de "quarentena", o Teatro Aberto vai disponibilizar on-line o registo de arquivo de alguns espetáculos dos últimos anos: http://www.teatroaberto.com/

De 19 de março a 29 de abril, entre as 21 e as 24 horas, vão estar disponíveis, em diferentes períodos sucessivos, 6 espetáculos.

Nos últimos dois anos, tive o prazer de assistir a dois deles: "Noite Viva", de Conor MacPherson, e "A Mentira", de Florian Zeller.

Aliás, sobre "Noite Viva" publiquei neste blogue em 27 de fevereiro de 2018: NOITE VIVA

Esta iniciativa do Teatro Aberto é um gesto cívico de enaltecer: é mesmo TEATRO ABERTO.


sábado, 21 de março de 2020

BODE INSPIRATÓRIO - O FOLHETIM DA QUARENTENA


A escritora Ana Margarida de Carvalho arregimentou 40 escritores que nestes dias de "quarentena" vão, à velha moda do século XIX (mas no facebook), escrever um folhetim - em cada dia um escritor diferente continua o folhetim com um capítulo.

Começou hoje (com Mário de Carvalho) e termina dia 28 de abril (com Luísa Costa Gomes) - todos os dias, pelas 12 horas.

Na mesma página do facebook, também diariamente, a foto de capa será palco de exposição de obras plásticas inéditas de 40 artistas plásticos.

Eis a página do facebookBODE INSPIRATÓRIO

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

DIREITO DO TRABALHO - CONTRATAÇÃO COLECTIVA



Foto de Charles C. Ebbets




E chegou ao fim esta série de 35 edições dedicadas ao Direito do Trabalho e, dentro deste, à contratação colectiva.

As primeiras trinta edições foram gravadas e a trigésima primeira e seguintes foram escritas entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

As primeiras trinta edições foram emitidas em https://ntradio.pt/

Neste momento, gostaria de fazer uma nota final, um agradecimento e uma dedicatória.

Uma nota final para dizer que o trabalho, nas suas diversas modalidades, é um fenómeno riquíssimo e multifacetado que tem uma importância fundamental na vida das pessoas: as suas dimensões económica, sociológica, política, psicológica e jurídica são relevantíssimas.

É essencial não esquecer que o fim último da economia, da política, do Direito são as pessoas.

Um agradecimento ao Pedro Santos, pela ideia de fazer um programa deste tipo e pelo convite que me endereçou nesse sentido, bem como à NTR, pela respetiva emissão.

Por fim, quero dedicar todas estas edições e todo o esforço que despendi a todos os que trabalharam na Metalúrgica Duarte Ferreira.


Edição XXXV: O futuro do Direito do Trabalho. 

Edição XXXIV: Pontos críticos - a negociação colectiva atípica.

Edição XXXIII: Pontos críticos - a extensão das convenções colectivas.

Edição XXXII: Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.

Edição XXXI: Pontos críticos - o princípio do tratamento mais favorável do trabalhador.


Edição XXX: Dados estatísticos até final de 2017 (conclusão).   



Edição XXIX: Dados estatísticos até final de 2017 (continuação).   




Edição XXVIII: Dados estatísticos até final de 2017.   



Edição XXVII: Concorrência entre IRCT negociais e não negociais e entre IRCT não negociais.   



Edição XXVI: Concorrência entre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho negociais.       


                                              
Edição I: Introdução. Noção de Direito do Trabalho. A evolução histórica do Direito do Trabalho e o surgimento da contratação colectiva.


                                              

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

DIREITO DO TRABALHO - CONTRATAÇÃO COLECTIVA: Edição XXXV - O futuro do Direito do Trabalho.


Edição XXXV: O futuro do Direito do Trabalho. 



Foto de Charles C. Ebbets


As primeiras trinta edições foram gravadas e a trigésima primeira e seguintes foram escritas entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

As primeiras trinta edições foram emitidas em https://ntradio.pt/


Edição XXXIV: Pontos críticos - a negociação colectiva atípica.

Edição XXXIII: Pontos críticos - a extensão das convenções colectivas.

Edição XXXII: Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.

Edição XXXI: Pontos críticos - o princípio do tratamento mais favorável do trabalhador.


Edição XXX: Dados estatísticos até final de 2017 (conclusão).   



Edição XXIX: Dados estatísticos até final de 2017 (continuação).   




Edição XXVIII: Dados estatísticos até final de 2017.   



Edição XXVII: Concorrência entre IRCT negociais e não negociais e entre IRCT não negociais.   



Edição XXVI: Concorrência entre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho negociais.       


                                              
Edição I: Introdução. Noção de Direito do Trabalho. A evolução histórica do Direito do Trabalho e o surgimento da contratação colectiva.


                                              

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

DIREITO DO TRABALHO - CONTRATAÇÃO COLECTIVA: Edição XXXIV - Pontos críticos - a negociação colectiva atípica.


Edição XXXIV: Pontos críticos - a negociação colectiva atípica.



Foto de Charles C. Ebbets


As primeiras trinta edições foram gravadas e a trigésima primeira e seguintes foram escritas entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

As primeiras trinta edições foram emitidas em https://ntradio.pt/


Edição XXXIII: Pontos críticos - a extensão das convenções colectivas.


Edição XXXII: Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.


Edição XXXI: Pontos críticos - o princípio do tratamento mais favorável do trabalhador.


Edição XXX: Dados estatísticos até final de 2017 (conclusão).   



Edição XXIX: Dados estatísticos até final de 2017 (continuação).   




Edição XXVIII: Dados estatísticos até final de 2017.   



Edição XXVII: Concorrência entre IRCT negociais e não negociais e entre IRCT não negociais.   



Edição XXVI: Concorrência entre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho negociais.       


                                              
Edição I: Introdução. Noção de Direito do Trabalho. A evolução histórica do Direito do Trabalho e o surgimento da contratação colectiva.


                                              

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

DIREITO DO TRABALHO - CONTRATAÇÃO COLECTIVA: Edição XXXIII - Pontos críticos - a extensão das convenções colectivas.


Edição XXXIII: Pontos críticos - a extensão das convenções colectivas.



Foto de Charles C. Ebbets


As primeiras trinta edições foram gravadas e a trigésima primeira e seguintes foram escritas entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

As primeiras trinta edições foram emitidas em https://ntradio.pt/


Edição XXXII: Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.



Edição XXXI: Pontos críticos - o princípio do tratamento mais favorável do trabalhador.


Edição XXX: Dados estatísticos até final de 2017 (conclusão).   



Edição XXIX: Dados estatísticos até final de 2017 (continuação).   




Edição XXVIII: Dados estatísticos até final de 2017.   



Edição XXVII: Concorrência entre IRCT negociais e não negociais e entre IRCT não negociais.   



Edição XXVI: Concorrência entre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho negociais.       


                                              
Edição I: Introdução. Noção de Direito do Trabalho. A evolução histórica do Direito do Trabalho e o surgimento da contratação colectiva.


                                              

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

DIREITO DO TRABALHO - CONTRATAÇÃO COLECTIVA: Edição XXXII - Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.


Edição XXXII: Pontos críticos - a caducidade das convenções colectivas.



Foto de Charles C. Ebbets


As primeiras trinta edições foram gravadas e a trigésima primeira e seguintes foram escritas entre dezembro de 2017 e novembro de 2018.

As primeiras trinta edições foram emitidas em https://ntradio.pt/



Edição XXXI: Pontos críticos - o princípio do tratamento mais favorável do trabalhador.


Edição XXX: Dados estatísticos até final de 2017 (conclusão).   



Edição XXIX: Dados estatísticos até final de 2017 (continuação).   




Edição XXVIII: Dados estatísticos até final de 2017.   



Edição XXVII: Concorrência entre IRCT negociais e não negociais e entre IRCT não negociais.   



Edição XXVI: Concorrência entre instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho negociais.       


                                              
Edição I: Introdução. Noção de Direito do Trabalho. A evolução histórica do Direito do Trabalho e o surgimento da contratação colectiva.